Esportes de aventura para praticar em São Paulo e arredores

esportes para se aventurar em são paulo e arredores
24 Jun

Aqui na capital e em cidades próximas, você também pode praticar algumas dessas atividades. Confira a seleção de endereços e escolha o seu esporte:

Resultado de imagem para ESCALADA

ESCALADA

 

Antes de alcançar o cume da cordilheira Karakoram, entre Paquistão, China e Índia, assim como o fazem os alpinistas veteranos Mark Richey e Steve Swenson no filme “Velha Guarda” — exibido às 19h no domingo (23) — , é possível iniciar os treinamentos na 90 graus.

 

O espaço possui 14 paredões para escalada com corda. O mezanino e a parte térrea do edifício também têm paredes destinadas à prática sem corda.

 

Além de uma média de seis profissionais que treinam por lá, quem não possui prática também é bem-vindo. Com a companhia de um instrutor, a diária custa R$ 26,00 (sem equipamento) e R$ 39,00 (incluindo cadeirinha, mosquetão e sapatilha).

 

Onde: Avenida João Pedro Cardoso, 107 – Campo Belo

Contato: (11) 5034-8775

Imagem relacionada

SLACKLINE

 

Desafiar a lei da gravidade é o passatempo preferido de Andy Lewis, praticante de slackline que atravessa abismos inacreditáveis no filme ”Sketchy Andy” — exibido sábado (22), às 21h, e domingo (23), às 19h. Antes de encarar um desafio dessa altura, que tal começar algumas aulas em um parque ou praça de São Paulo?

 

De acordo com Eric Volpi, personal da Fit Five, eles atendem em qualquer lugar onde exista estrutura para fixação da fita, como árvores e concretos, com 30 centímetros de diâmetro e 2 metros de profundidade. Um espaço bastante utilizado pelos profissionais é o Parque Burle Marx, menos agitado do que o Ibirapuera.

 

A atividade exercita equilíbrio e consciência corporal de crianças a partir de 3 anos até adultos com 80 anos. Após uma primeira aula experimental, a hora custa R$ 100,00 por pessoa (preço que varia de acordo com a quantidade de praticantes e o número de aulas).

 

Os treinos duram entre 45 minutos e 1 hora e 30 minutos, podendo ser feitos em até quatro vezes na semana em dias intercalados, para descanso da musculatura. Os professores levam todo o equipamento necessário para a prática.

 

Onde: condomínios, praças e parques, como o Burle Marx (Av. Dona Helena Pereira de Morais, 200 – Vila Andrade)

Contato: (11) 5087-8904

Esporte de aventura – Canoagem – Raia olímpica da USPEsporte de aventura – Canoagem – Raia olímpica da USP

(/)

Resultado de imagem para canoagem

CANOAGEM

 

Embora a falta de vida dos mais famosos rios da cidade desestimulem a prática, saiba que navegar em uma canoa pode proporcionar um visual tão incrível quanto o presenciado pelas jovens Sophie Windsor Clive e Liberty Smith: a revoada conjunta de milhares de pássaros em uma ilha irlandesa. O filme “Ilha” será exibido no domingo (23), no bloco das 19h.

 

Em São Paulo é possível dar as primeiras remadas na raia olímpica da USP, com o instrutor Vit Vanicek. O treino para grupos de até sete pessoas dura 1 hora e 15 minutos, e pode ser feito às segundas (19h30 – 22h), terças até quintas (6h30 – 9h / 19h30 – 22h), sextas (6h30 – 9h) e aos sábados (9h30 – 13h). A mensalidade é de R$ 90,00 por uma aula na semana.

 

No caso de personal, os horários são mais flexíveis e o custo sobe para R$ 120,00 por treino. Todo o equipamento necessário é oferecido pelo professor.

 

Onde: raia olímpica da USP (Praça 02, Prof. Rubião Meira, 61)

Contato: (11) 9 8127-4399, Vit Vanicek

 

Esporte de aventura – Mountain Bike – Tribo do Pedal SelvagemEsporte de aventura – Mountain Bike – Tribo do Pedal Selvagem

(/)

Resultado de imagem para MOUNTAIN BIKE

MOUNTAIN BIKE

 

As manobras intensas realizadas pelo ciclista Danny MacAskill na fita “Revoluções Industriais” têm como cenário lugares abandonados que inspiram a vontade de ser radical. Pois, a 40 quilômetros de São Paulo, na cidade de Mairiporã, é possível se aventurar em cima de uma magrela.

 

Em finais de semana e feriados, a equipe da Tribo do Pedal Selvagem organiza passeios de bicicleta com saídas às 9h e também no período noturno. Os níveis dos percursos vão do número 1 ao 8, que representam o fácil e o dificílimo. Outra variação é o ritmo das pedaladas, podendo ser lentas até ligeiras.

 

No próximo domingo, por exemplo, o Circuito da Ponte Amarela, de 24 quilômetros, é ideal para iniciantes do esporte. Para participar, basta comparecer na sede do grupo, um pouco antes das 9h, com a própria bicicleta, capacete, água e alimentos (como frutas e barras energéticas). O preço é de R$ 28,00 por pessoa.

 

Onde: Clube de Campo de Mairiporã (R. Dra. Sinharinha, s/n – Mairiporã / SP)

Contato: (11) 9 9802-2249, Mazinho

 

Esporte de aventura – Surf – Companhia AthleticaEsporte de aventura – Surf – Companhia Athletica

(/)

Resultado de imagem para surfe

SURFE

 

Embora o mar desperte o fascínio em muitos surfistas profissionais, como aqueles que enfrentaram ondas gigantes no litoral do Taiti, experiência registrada no filme “Código Vermelho” — exibição sexta (21), às 21h45 —, é preciso tomar cuidado.

 

Pensando nisso, as unidades Kansas e Morumbi Shopping da Companhia Athletica oferecem treinamento nas piscinas para crianças de 7 a 14 anos e de 3 a 14 anos, respectivamente. As aulas estão inclusas no plano para crianças, cujo valor é de R$ 381,00 por mês.

 

No caso dos adultos, cada pessoa paga R$ 80,00 (além da mensalidade da academia, cujo menor valor é de R$ 448,00), que inclui 2 horas de aula na piscina durante a semana e aulas práticas na praia no fim de semana. Quem optar por fazer treinos adicionais no mar, paga R$ 65,00 por aula a mais.

 

A academia oferece toda a estrutura e equipamentos como prancha, camiseta de lycra, parafina, leash (cordinha) e profissionais especializados.

 

Onde: Rua Kansas, 1582 – Brooklin / Av. Roque Petroni Júnior, 1089 – MorumbiShopping Piso Superior

Contato:  (11) 5105-7000 (Unidade Kansas) e (11) 5188-2000 (Unidade MorumbiShopping)

 

Se você pratica algum desses esportes ou qualquer outro, esporadicamente pode sofrer de dores musculares e está propenso a contusões e outros tipos de lesões. A PROGEL SPORTS tem um GEL MASSAGEADOR! Faça já o seu pedido e receba o PROGEL em casa:

Ligue 📞 11 2036.0770

📧 Email: progelmassageador@gmail.com

 

.

.

.

Fonte: https://bit.ly/2Xm5R8E

 

Benefícios da Arnica

Benefícios da Arnica
20 Mai

O uso das chamadas plantas medicinais para tratar doenças é uma prática bastante antiga e que permanece até hoje. Ao longo das últimas décadas, muitas pesquisas foram feitas com a proposta de identificar a existência de substâncias nas plantas que fossem capazes de auxiliar na melhoria do bem-estar e também ajudassem a tratar muitas doenças. Nessa matéria você pode conferir quais são os benefícios da Arnica.

Atualmente, a indústria farmacêutica possui milhares de produtos que são feitos a base de plantas e ervas que possuem aplicação na melhoria da saúde. Vamos conhecer 9 benefícios da arnica, contudo entender para que serve esta planta e quais os cuidados que você deve ter na hora de usar.

 

O que é a arnica?

A arnica é uma planta oriunda das regiões montanhosas da Europa, sendo encontrada até 2 mil metros acima do nível do mar, contendo alturas entre 20 e 60 cm e com flores amareladas e de pontas arredondadas, aparecendo em meados do verão e no início do outono.

Esta planta tem muitos nomes populares, entre eles arnica das montanhas, tabaco das montanhas, dórico-da-Alemanha, cravo-dos-alpes, entre muitos outros.

Para que serve a arnica?

As propriedades curativas e os benefícios da arnica para o organismo são inúmeros, e são bastante conhecidos há séculos. Entre as principais propriedades da arnica estão seu poder de cicatrização de ferimentos superficiais, ajudando no combate das dores causadas por contusões e machucados, auxílio ao combate de hemorragias leves, além de ser um ótimo anti-inflamatório natural de uso externo. Ela também é conhecida por sua ação antisséptica, tônica, estimulante e analgésica.

  1. Ajuda no tratamento de problemas de pele

A arnica é rica em ácido carbônico, em flavonoides, em óleos voláteis e outras substâncias benéficas que podem contribuir para melhorar o aspecto da pele, aumentando a hidratação. Ela contém uma substância chamada de sesquiterpeno lactona, conhecida como helenalina, que é o principal restaurador da arnica e, juntamente com os flavonoides, ajuda na renovação da pele.

Além disso, ela possui alto poder de cicatrização, possuindo também propriedades antibacterianas e antissépticas que auxiliam na recuperação da pele em casos de queimaduras, exposição excessiva ao sol e ajudando a reduzir a inflamação da pele causada pela acne e pelas espinhas.

Os extratos desta planta são bastante usados como ingredientes em produtos para tratamento de eczema, coceiras e feridas na pele.

 

  1. Reduz as dores musculares

A arnica é uma das substâncias mais usadas em produtos para a redução de dores musculares. Um estudo realizado em 2003 com um grupo de corredores de maratona que utilizou uma solução homeopática de arnica, mostrou que houve uma redução significativa nas dores musculares. Isto acontece principalmente devido às propriedades anti-inflamatórias desta planta. Que então atua diretamente no combate das dores musculares, sendo excelente no combate das contusões e hematomas.

 

  1. Auxilia no combate dos sintomas da artrite

Uma pesquisa realizada em 2007, com um grupo de pessoas diagnosticadas com osteoartrite nas mãos. Demonstrou também que o uso de gel à base desta planta diminuiu de forma significativa os sintomas de dor. Sendo tão eficaz quanto no uso do medicamento ibuprofeno.

Em outro estudo realizado em 2002 com um grupo de pessoas diagnosticadas com osteoartrite média no joelho. Os cientistas perceberam uma redução significativa da dor e também da rigidez com o uso de gel à base desta planta. Que foi (usado duas vezes ao dia pelo período de 6 semanas).

 

A arnica é uma planta oriunda das regiões montanhosas da Europa e que tem muitos nomes populares. Ela também pode ser vista de forma nativa na Sibéria e nas altas montanhas temperadas da América do Norte.

Entre as principais propriedades desta planta, estão seu poder de cicatrização de ferimentos superficiais. Também ajuda no combate das dores causadas por contusões e machucados. Além de auxílio no combate de hemorragias leves, além de ser um ótimo anti-inflamatório natural de uso externo. Ela também é conhecida por sua ação antisséptica, tônica, estimulante e analgésica.

 


Essa planta está presente na composição do GEL MASSAGEADOR da PROGEL SPORTS! Faça já o seu pedido e receba o PROGEL em casa:
Ligue 📞 11 2036.0770
📧 Email: progelmassageador@gmail.com
Site: https://progelsports.com.br

 

Fonte: https://bit.ly/2JsHpM3

Pratique Yoga e Melhore Sua Saúde | Progel

progel
15 Abr

A prática da yoga é benéfica para o corpo. Essa tradição milenar da Índia está se tornando cada vez mais popular hoje. Estima-se que há mais de 2 milhões de praticantes no Brasil!

Existem muitos tipos de aulas de yoga. A escolha ideal depende dos objetivos e as possibilidades de cada um.

Hatha-Yoga, Nidra-Yoga, Ashtanga, Power Yoga… Pode-se, assim aprender yoga a qualquer idade! Se você escolher praticar uma yoga leve ou aulas mais dinâmicas, você se beneficiará disso!

Mas, e quando o corpo não segue, quando sofremos de certas patologias, é razoável recorrer à yoga e praticá-la frequentemente?

Vamos descobrir juntos, de acordo com as patologias, os riscos ou os benefícios que a yoga apresenta.

Em todos os casos, é importante ir ao médico para perguntar se você pode fazer aulas de yoga e se há restrições para fazer certas posições de acordo com seu problema.

 

Podemos fazer yoga com tendinite?

Primeiro problema benigno e muito comum: a tendinite.

Essa inflamação do tendão geralmente está relacionada a gestos repetitivos. Os atletas também estão entre aqueles facilmente suscetíveis a tendinite.

Se a tendinite não for muito grave, a base do tratamento permanece o repouso.

Entre as tendinites frequentes, estão:

– Tendinite de Aquiles,

– Pulso,

– Joelho,

– Cotovelo

– Ou o ombro.

Portanto, é óbvio que, se você sofre de tendinite, a prática de yoga deverá ser adaptada por algumas semanas para não trabalhar o tendão afetado.

Caso contrário, você poderia enfraquecer permanentemente o tendão. A tendinite pode se tornar uma condição crônica, atenção!

Peça dicas para o seu professor sobre como ajustar as posturas e praticá-las, apesar da tendinite.

 

Podemos fazer yoga com artrose?

À medida que envelhecemos, as articulações tornam-se fracas e podem levar a doenças crônicas, como a artrose.

Também chamada de osteoartrite, essa patologia ocorre quando as cartilagens das articulações são danificadas É, portanto, uma doença bastante debilitante uma vez que os pacientes têm cada vez mais dificuldades para realizar seus movimentos diários porque são cada vez mais dolorosos.

Essa doença progressiva pode levar à cirurgia e ao encaixe de próteses para substituir a articulação defeituosa (prótese do quadril, joelho…). O tratamento médico tenta controlar a dor com exercício para preservar a mobilidade do membro afetado.

Um estudo recentemente destacou os benefícios da yoga para a artrose.

O exercício é essencial para canalizar a evolução da patologia. A yoga, de fato, parece perfeita para pacientes com osteoartrite!

Posturas simples, sempre realizadas com delicadeza, oferecem benefícios reais de acordo com as capacidades dos pacientes:

– Construção muscular ao redor das articulações,

– Maior flexibilidade articular,

– Redução da dor,

– Gerenciamento de estresse e relaxamento.

 

O Progel é o companheiro perfeito de todo atleta. Faça seu pedido
Ligue
📞 11 2036.0770
📧 Email: progelmassageador@gmail.com

 

 

Fonte: https://bit.ly/2X7xui7

SKATEBOARD

progel
18 Mar

O skate é uma das modalidades de esporte radical mais praticadas do Brasil. Segundo a Confederação Brasileira de Skate, existem hoje 8,5 milhões de skatistas em território brasileiro e, de acordo com pesquisa do instituto Datafolha, um em cada dez lares brasileiros possuem no mínimo um praticante da modalidade.

Mas para entender melhor essa enorme identificação do brasileiro com o skate, precisaremos retornar às origens do esporte.

 

HISTÓRIA DO SKATEBOARD

O skate nasceu na Califórnia, em meados do final dos anos cinquenta e início dos anos sessenta. Berço de inúmeras praias em sua costa, a prática do surf já era muito difundida naquela época em meio aos californianos. Foi quando, em Los Angeles, em uma época de maré baixa e monotonia nos mares que banhavam as belas praias da cidade que um grupo de surfistas resolveu solucionar aquele problema levando as pranchas para o asfalto que se deu início a uma nova modalidade de esporte radical – na época chamado de “sidewalk surf”.

 

DIFERENTES TIPOS DE PRÁTICA DE SKATE

É imprescindível para todo amante desse esporte conhecer todos os diferentes tipos de modalidades. São as mais variadas, para todos os gostos:

 

STREET

O Street talvez seja a modalidade mais praticada, por sua flexibilidade e praticidade: você precisa apenas do skate, a rua e sua criatividade. Explorar a cidade e descobrir novos picos para andar e executar as manobras é algo especial para todos que possuem o skate na veia.

 

Atualmente, devido à alta exposição, a modalidade Street possui um campeonato profissional de nível mundial chamado Street League, do qual participam os principais atletas vindos do cenário underground de todas as partes do mundo. Entre esses astros, figura o brasileiro Luan de Oliveira, que chegou a ganhar a Street League em 2015.

 

VERTICAL

O Vertical (também chamado de Vert) é uma das modalidades mais praticadas de skateboarding, sendo que pode ser praticado em diversos lugares: bowl, half-pipe, mini ramp ou grandes rampas de skate. A prática favorita para os que gostam, literalmente, de voar com o carrinho e lugar de execução das manobras mais ousadas e perigosas como o 900º, manobra na qual o atleta – durante um aéreo bastante alto realiza um giro de 2 voltas e meia enquanto está no ar. Se habilita?

 

Ao alcançar um alto nível na prática do skate Vertical, os skatistas mais habilidosos costumam se arriscar na Megarrampa, um tipo de rampa que vem se tornando bastante popular especialmente a partir do final dos anos 90 e da qual o nosso atleta Bob Burnquist é um dos principais idealizadores, sendo inclusive Tetracampeão da Megarrampa.

 

DOWNHILL

O Downhill é a modalidade das ladeiras. Os skatistas que curtem velocidade e adrenalina optam por essa prática. Ao descer as mais inclinadas ruas de asfalto, o atleta executa manobras como slides. Mas cuidado! Geralmente para este tipo de categoria é importantíssimo estar munido de equipamentos de segurança como luvas, joelheiras, cotoveleiras e capacetes.

 

FREESTYLE

Apesar da grande mídia focar, majoritariamente, no Vert e Street, o Freestyle Skateboarding é uma das categorias mais interessantes e antigas do mundo do skateboarding. Com uma grande proximidade ao Street, podemos dizer que grande parte das manobras que se tornaram populares um dia foram testadas no Freestyle.

 

O “Estilo Livre” é caracterizado pela total falta de restrições. A criatividade é a chave para o sucesso nessa modalidade, sendo possível executar movimentos fora do padrão para o esporte radical, como manobras com o skate na vertical e virado com o shape para baixo e diferentes tipos de giro sem nem mesmo sair do lugar.

 

MANOBRAS DE SKATE

Para aqueles que estão iniciando na prática agora, a Oakley preparou um guia com as principais manobras da modalidade:

 

OLLIE

O Ollie é a manobra mais básica do skate, pois serve de base para a realização da maioria das outras manobras. Consiste em “saltar” com o carrinho, tirando ele do chão sem usar as mãos, podendo ser usado para passar por obstáculos ou até mesmo “pegar” uma beirada ou corrimão, executando a famosa manobra Grind.

O Ollie é executado da seguinte forma:

– Posicione o pé de trás exatamente no limite do tail (parte de trás do shape)

– Posicione o pé da frente no meio do shape

– Ao mesmo tempo em que chuta a pra baixo a parte de trás do shape, pule com o skate “chutando” para a frente com o pé que está no meio do shape

 

Para aqueles que ainda não possuem muita prática, o Ollie pode ser um desafio e tanto. Mas não se preocupe, após aprender o Ollie você estará pronto para elevar o nível do seu skateboarding a uma próxima etapa.

 

FLIP

O Flip é um passo depois do Ollie, e existem diferentes tipos de flip. O padrão para essas manobras é o skate executar um giro no seu eixo vertical (ou vertical e horizontal, ao mesmo tempo) durante o Ollie.

Principais tipos de flip:

– Flip

– Double Flip

– Heelflip

– Hardflip

– Varial Flip

– Kickflip

 

DROP

O Drop é um dos principais movimentos a serem aprendidos ao ‘migrar’ do skate horizontal para o vertical. Basicamente, “dropar” é o movimento necessário para partir de uma extremidade da rampa ou bowl para a execução das manobras no pico.

É necessário perder o medo de soltar o peso do corpo e confiar no skate para não cair enquanto está “dropando”. Como pode ser executada em rampas e picos de diferentes alturas, o Drop pode ser uma manobra de alta adrenalina e de certo risco, ocasionalmente.

 

MANUAL

Uma das manobras mais famosas do Street, derivada do Freestyle. Consiste no equilíbrio do skatista enquanto anda com o skate apoiado na parte traseira do carrinho – ou frontal, no caso do Front Manual.

 

VARIAL/SHOVE-IT

Enquanto no Flip o skate executa um giro vertical, no shove-it o carrinho executa um giro 180º, sem o atleta pular ou sair muito do chão.

Já no Varial, o skatista precisa executar o mesmo giro 180º do shove-it, porém durante o Ollie. Este movimento também é conhecido como Pop Shove-It.

 

Esse esporte pode resultar em várias quedas e dores musculares, por isso não deixe de ter o PROGEL sempre na mochila

Faça já o seu pedido e receba o PROGEL em casa:

Ligue 📞 11 2036.0770
📧 Email: progelmassageador@gmail.com

 

Fonte: https://bit.ly/2FfGImb

 

VOCÊ DEVERIA FAZER AO MENOS UMA VEZ NA VIDA.

VOCÊ DEVERIA FAZER AO MENOS UMA VEZ NA VIDA.
05 Fev
Você não precisa pesquisar muito para descobrir os benefícios da trilha. A atividade é agradável, pode ser feita em qualquer ritmo ou altitude. Além disso, o esporte oferece outras vantagens: não exige equipamento (como escalada e caiaque) e você só precisa de um calçado apropriado e uma mochila com seus itens essenciais, como água e alimentos. Mas lembre-se de conferir a dificuldade do trajeto antes e, se for necessário, consulte um guia. Aqui vão alguns motivos pelos quais você precisa embarcar em uma trilha em breve:
 
1. Suas pernas vão ficar torneadas 

A maioria das trilhas contém subidas e descidas, uma ótima combinação de estímulos para as suas pernas. O exercício é semelhante ao simulador de escada, que trabalha toda a parte inferior – glúteos, quadríceps, isquiotibiais e por aí vai!

2. O core se fortalece a cada passo 

Caminhar no terreno duro e inclinado também exige que os músculos do abdômen trabalhem para manter seu corpo estabilizado e reto – ainda mais se você estiver carregando uma mochila. Além disso, com o peso, você vai queimar mais calorias!

3. É uma ótima preparação para outros esportes
Se você está treinando para uma corrida ou quer melhorar o seu condicionamento físico, programar algumas trilhas pode ajudar no seu desempenho em outros esportes.

4. Você vai ficar mais feliz!
Sabe aquele sentimento que você tem quando vê uma bela cachoeira ou olha a paisagem do topo de uma montanha? A ciência revelou que tais experiências beneficiam o seu estado de espírito. Pessoas que passaram 50 minutos andando a pé em meio a natureza relataram menos ansiedade e mais felicidade em comparação com aqueles que andaram perto de veículos, de acordo com um estudo publicado na revista internacional Landscape and Urban Planning.

O que acontece no seu corpo enquanto você pedala?

benefícios pedalar
18 Jan

Post na Revista Bicicleta aponta os benefícios que o pedalar traz ao organismo.

Mas, atenção: respeite seus limites físicos e evolua gradualmente

Um bom caminho é começar nos finais de semana, quando o trânsito é mais leve.

Depois, inclua um ou dois dias da semana na sua rotina para o trabalho ou para a escola.

pedalar é saúde

10 minutos: Benefícios na musculatura, irrigação sanguínea e articulações.

20 minutos: O corpo começa a desfazer-se do cortisol, hormônio ligado ao estresse.

30 minutos: Há melhoras a nível cardiovascular, influenciando positivamente nas funções do coração.

40 minutos: Aumenta a capacidade respiratória, melhorando o fluxo de oxigênio e sangue no cérebro.

50 minutos: O corpo libera serotonina e endorfina, as substâncias do bem-estar.

60 minutos: O metabolismo acelera e intensifica o controle de peso, com efeito antiestresse e bem-estar geral.

Fonte: https://bit.ly/2HgL9jC

Antes ou depois de pedalar, não esqueça de usar o Progel Sports!

Adquira agora através dos seguintes contatos:

📞 11 2036.0770

📧 progelmassageador@gmail.com

Mercado Livre: https://bit.ly/2wV4ZZY

Cinco esportes para praticar na praia

Futevôlei
27 Dez

Veja alguns esportes para você praticar na praia e suar a camisa durante o verão

Futevôlei

Esporte consagrado nas areias da cidade, o futevôlei não para de ganhar adeptos.
São incontáveis redes espalhadas por toda a orla.
À noite, elas recebem escolhinhas que ensinam crianças e adultos a jogar a mistura de futebol e vôlei.

Kitesurfe

kitesurfe

Não são muitos verões desde que o kitesurfe virou moda na Praia da Barra da Tijuca, altura do Pepê.
Lá é o ponto ideal para a prática do esporte, com ventos fortes e constantes.
Existem três quiosques autorizados pela prefeitura a dar aulas e alugar os equipamentos.

Surfe

Surfe

Não faltam boas opções de ondas nas praias do Rio.
O Arpoador é o paraíso dos surfistas da Zona Sul, mas é nas praias da Zona Oeste que o esporte é mais praticado, especialmente na Macumba (ideal para iniciantes), Prainha e Grumari.

Stand up paddle

stand up

O SUP, como é conhecido entre seus praticantes, pelo visto terá vida longa nas praias do Rio.
Costuma ser praticado em diversos pontos, especialmente no Posto 6, em Copacabana, na Restinga de Marambaia, em Guaratiba, e nas Ilhas Tijucas, na Barra.

Frescobol

Frescobol

Imortalizado nas areias de Ipanema por Millôr Fernandes, o frescobol pode ser praticado em qualquer praia.
Sempre jogado em dupla, é uma das poucas atividades que não envolve disputa. O objetivo é manter a bola no ar.
Fonte: https://glo.bo/2St3GKU

Tenha sempre Progel Sports nas férias, na praia, seja onde for, leve com você para usar antes ou após a prática de atividade física.

Adquira agora através dos seguintes contatos:

📞 11 2036.0770

📧 progelmassageador@gmail.com

Mercado Livre: https://bit.ly/2wV4ZZY

5 esportes ao ar livre para praticar nessas férias

exercício nas férias
21 Dez

Nessa época de férias é normal bater aquele tédio às vezes. É uma delícia poder acordar tarde, comer besteira, assistir suas séries preferidas e pegar uma praia. Só que se seus dias de folga duram muito, a gente acaba ficando na mesmice e não aproveitando ao máximo o que esse tempo a mais tem para oferecer.

Na minha lista de metas para esse ano, tinha colocado que queria praticar mais esportes ao ar livre. Infelizmente, não fiz tudo que eu queria, mas deu sim para curtir alguns bons passeios de bicicleta em Nova York, por exemplo.

Selecionei 5 esportes que estou doida para praticar nesse verão!

MERGULHO

Seja em uma viagem incrível para uma praia paradisíaca ou pertinho da onde você mora. Procure uma praia por perto e se jogue no mar! Eu amo água e acho que adoraria tentar um mergulho mais profundo. Se você tem medo de usar cilindros e todos aqueles equipamentos, que tal tentar um passeio de snorkel? É uma delícia, lindo e super refrescante!

CAMINHADA / CORRIDA

corrida

Esse não tem desculpa! Uma bela caminhada ou uma corridinha dá para fazer em qualquer lugar do mundo! Nada melhor do que conhecer uma cidade e suas ruas a pé (ou de bike). Você repara muito mais nas coisas ao seu redor, curte o dia mais intensamente e ainda faz um exercício! Outra ótima ideia para quem curte mais aventura são as trilhas! No Rio de Janeiro eu sei que tem várias maravilhosas e tenho certeza que quase todas as praias também!

BICICLETA

Eu sou fã de bike! É um meio de transporte incrível para quem mora em cidades planas, praianas e algumas com ciclovias. Aqui em São Paulo tem muitos lugares para passear de bike, como a Avenida Paulista e diversos parques. Além de ser mais saudável, você não pega nenhum trânsito e aprecia melhor os seus passeios.

SLACKLINE

slackline

Sempre vejo várias fotos do pessoal fazendo o slackline e morro de vontade de tentar. Apesar de saber que é díficil se equilibrar, tenho certeza que deve ser bem divertido tentar com os amigos. Uma ótimo opção para quem fica na casa de praia sem fazer nada quando cai aquela chuvinha de verão.

SURFE

surfe

Outro esporte um pouquinho mais complexo, mas muuuito incrível! Praia e mar acalmam muito e quem tiver a oportunidade de fazer algumas aulas deve amar! Esse esporte é lindo até para quem não entende quase nada e assiste na areia. Tenho certeza que vale muito a pena ter aulas e pelo menos ficar em pé na prancha por um tempinho.

Aliás, o stand-up também parece uma delícia e acho que é um pouquinho mais fácil de praticar!

Fonte: https://bit.ly/2R9BfEd

Mesmo nas férias, tenha sempre Progel Sports com você antes ou após a prática de atividade física.

Adquira agora através dos seguintes contatos:

📞 11 2036.0770

📧 progelmassageador@gmail.com

Mercado Livre: https://bit.ly/2wV4ZZY

Jejum intermitente: como funciona a dieta tolerável pelos nutricionistas

Jejum intermitente
15 Dez
Você já ouviu falar em jejum intermitente? É uma prática que vem se tornando popular entre os brasileiros e consiste em comer somente quando houver fome. Mas nada de dietas restritivas ou mirabolantes: o jejum é uma estratégia de diminuição da frequência alimentar que pode melhorar a sensibilidade à insulina, o efeito cardioprotetor e aumentar a participação de lipídios no metabolismo. Com isso, o bônus é o emagrecimento. Vamos acompanhar a entrevista de uma nutricionista funcional Andrezza Botelho, que contou como funciona essa prática.

O jejum intermitente é considerado uma maneira saudável e tolerável de emagrecimento, já que a perda de peso vai acontecendo de forma natural, sem tantas restrições alimentares. Assim como a Fast Mimicking, dieta que promete resultados no primeiro mês, o jejum intermitente já foi adotada por famosas como Juliana Paes, e tem a proposta de comer quando realmente houver fome. De acordo com a nutricionista funcional Andrezza Botelho, o jejum surgiu com os muçulmanos durante o período do Ramadan, quando as pessoas se alimentavam somente à noite, ao longo de um mês. “Ao final do período, apresentavam modificações do perfil metabólico, como melhoras no perfil lipídico, diminuição da frequência cardíaca e diminuição da massa gorda, levando à hipótese de que permanecer por período intermitentes em jejum pode trazer benefícios à saúde”, explica. Saiba os tipos de jejum intermitente e veja quem pode praticar!

JEJUM INTERMITENTE DE TEMPO RESTRITO DE ALIMENTAÇÃO

É recomendado visitar um nutricionista para que o jejum seja personalizado para cada pessoa. Porém, de um modo geral, Andrezza explica que existem formas pré-estabelecidas de fazer a técnica. Uma delas é o tempo restrito de alimentação, que pode ser feito diariamente. “Implica na janela de alimentação de 8 a 10 horas do dia e, no restante do tempo, só pode consumir água e chá. Este método ajuda na queima de gordura, melhora a saúde metabólica, manutenção do peso e prevenção da obesidade”, explica.

JEJUM INTERMITENTE EM DIAS ALTERNADOS

Outra forma de praticar o jejum intermitente é ocasionalmente, sempre em dias alternados. “Serão consumidas no máximo 500 kcal em um dia e, no outro, a alimentação é feita normalmente. Este método ajuda na perda de peso e diminui o risco de doenças cardiovasculares”, explica a nutricionista. Apesar desse benefícios, crianças, gestantes e grávidas não podem praticar nenhum dos tipos de jejum intermitentes, por mais que a prática não seja considerada uma dieta restritiva.

JEJUM DIETA MIMETIZADA

A dieta mimetizada, segundo Andrezza, significa consumir de 30% a 50% do total de calorias necessárias a cada indivíduo por 5 dias consecutivos, por 3 meses. Nessa alimentação, a proposta é consumir pouca proteína e mais gordura. “Este método está associado à longevidade e performance cognitiva”, explica a profissional. Isso quer dizer que processos cerebrais como memória e raciocínio podem melhorar.

AFINAL, JEJUM INTERMITENTE REALMENTE EMAGRECE?

jejum emagrecer

Quando se faz o jejum intermitente, o emagrecimento costuma acontecer de forma rápida, segundo a nutricionista, mas varia de acordo com o tipo de jejum que é feito e quais alimentos são consumidos. “Para alguns indivíduos sim, pois diminui a ingestão calórica, aumenta os hormônios que preferencialmente queimam gordura e diminui a quantidade de hormônios que inibem a queima, além de melhorar a aderência, por ser uma maneira tolerável de emagrecimento.

Fonte: https://bit.ly/2SOMEqh

Use o Progel Sports, o gel massageador que alivia e relaxa seus músculos. Ainda não tem o seu? Adquira agora através dos seguintes contatos:

📞 11 2036.0770

📧 progelmassageador@gmail.com

Mercado Livre: https://bit.ly/2wV4ZZY

10 dicas para se preparar para uma corrida de rua

corrida de rua
08 Dez

Praticar atividade física e ter uma alimentação balanceada são elementos primordiais para prevenir doenças e manter o equilíbrio da saúde.

Muitos adotam a atividade física, como a caminhada, musculação, controle de alimentação e acompanhamento médico na rotina.

Além disso, há aqueles que gostam de superar desafios e ir mais longe: correr.

Para isso, é importante atentar-se para uma prática segura e com acompanhamento adequado.

Confira abaixo dicas do educador físico do Hospital Israelita Albert Einstein, Bruno Gion.

treinar corrida

  1. Crie objetivos! Para ter sucesso você precisa saber aonde quer chegar;
  2. Faça uma avaliação física, nutricional e médica para começar. Visite-os regularmente para verificar se tudo está bem;
  3. Crie uma rotina de horários para treinar, se alimentar e dormir;
  4. Faça boas escolhas alimentares! Evite doces e invista em frutas e vegetais;
  5. Elabore metas dentro do seu treino, supere e motive-se;
  6. Pratique musculação, seu rendimento melhora e previne lesões;
  7. Faça exercícios educativos de corrida, aumente distância e intensidade aos poucos;
  8. Descanse e durma pelo menos 6 horas! Treinar em excesso e não dormir aumenta o risco de lesões;
  9. Se alimente, treine, divirta-se, fique com a família, descanse e repita!

Lembre-se, você é a única pessoa que pode fazer, por isso, invista tempo e dedicação em você!​

Fonte: https://bit.ly/2C6jJJX

Antes ou depois da corrida, use o Progel Sports, o gel massageador que alivia e relaxa seus músculos.

Ainda não tem o seu? Adquira agora através dos seguintes contatos:

📞 11 2036.0770

📧 progelmassageador@gmail.com

Mercado Livre: https://bit.ly/2wV4ZZY