Crianças X Esporte

Crianças X Esporte

Aguentar o pique da criançada no dia a dia não é tarefa fácil! A energia armazenada dos pequenos é capaz de deixar qualquer adulto cansado e sem forças para acompanhar tamanha disposição. Então, o que fazer? Uma das boas alternativas é apresentá-las às práticas esportivas, como forma de lazer, brincadeiras, para contribuir, de forma natural e saudável, no desenvolvimento físico e mental.
As atividades, enquanto crianças, contribuem no desenvolvimento do corpo, além de outros âmbitos da vida. Esportes de quadra chamados de quadrado mágico (handebol, futsal, vôlei e basquete), são os mais utilizados para o desenvolvimento motor infantil. Tais modalidades aliam além da questão motora, a socialização da criança e também a cooperação. Outros esportes, como a natação ou mesmo alguma luta (karatê, judô, esgrima) também contribuem bastante para a construção músculo esquelética infantil, bem como seu metabolismo.

Veja alguns benefícios das modalidades para inserir as crianças:

– Handebol: Apontado como um dos esportes mais praticados nas escolas do país, o handebol é também uma modalidade que traz muitos benefícios para o corpo das crianças. Apto para ser praticado a partir dos 8 anos, a atividade auxilia na coordenação motora, melhora a respiração e tonifica a musculatura. Outras vantagens importantes do esporte são: trabalhar em equipe e aprender a tomar decisões rápidas e objetivas, já que é altamente dinâmico.

– Futsal: A atividade física é fundamental para desenvolver as habilidades motoras tais como: locomoção, coordenação, domínio da bola e equilíbrio, auxiliando as crianças a acelerarem o metabolismo, a saúde cardiovascular e respiratório. A partir dos 5 ou 6 anos de idade, os pequenos já podem dar início à prática.

– Vôlei: Indicado para crianças a partir dos 7 anos, esporte é extremamente versátil, ideal para ser praticado em grupo, também ajudando a desenvolver a interatividade das crianças. Para o corpo, o vôlei proporciona a capacidade de executar movimentos rápidos de ação e reação, equilíbrio e controle, além de promover resistência física, concentração e as habilidades motoras infantis.

– Basquete: Podendo ser praticado tanto ao ar livre como em uma quadra fechada, uma das vantagens do basquete é que o mal tempo ou o frio não irão desanimar a prática da criançada, que pode ser inserida a partir dos 6 anos de idade no esporte. O basquete é responsável pela evolução da agilidade da criança, a concentração e coordenação, melhorias no sistema cardiorrespiratório e no fortalecimento muscular.

– Natação: Uma das modalidades mais conhecidas entre as crianças, a natação é amplamente benéfica. É considerada um esporte completo para o desenvolvimento do corpo e também auxilia na respiração, coordenação motora, ativa a memória e proporciona flexibilidade. As crianças podem ser inclusas no esporte desde muito pequenas, a partir dos 3 ou 4 meses, ainda sim, alguns pediatras indicam esperar até o sexto mês de vida, para diminuir o risco de possíveis infecções.

 

– Lutas: Seja karatê, judô ou qualquer outra luta, esporte ajuda na desenvoltura das habilidades, reflexos e reações, descarrega a energia, aumenta a concentração e desenvolve a força, equilíbrio, velocidade e flexibilidade infantil, além dos valores essenciais como a tolerância, responsabilidade e respeito. A partir dos 4 anos, as modalidades são recomendadas para as crianças.

 

Fonte: https://bit.ly/2IcoKQz

Deixe uma resposta

Close Menu