Paulinho da Runner Suzano no Mundial de Duathlon na Espanha

BLOG-PROGEL
06 Mai

Confira a perspectiva do corredor sobre participar do Mundial de Duathlon na Espanha, um evento muito importante.

 

Posso não ter a melhor corrida, mas sem dúvidas tenho um dos melhores pedais. Pedalando com gigantes no segundo grupo, sendo o único do BR, tive o 5 melhor pedal do Duathlon Sprint seguido do @brunohenriquesgt com 10 seg de diferença e todos os demais de bike com câmbio eletrônico, equipamentos com nível melhores.

 

Isso me faz pensar que estou no caminho certo, novos metas e o plano continua!

 

Foto registra o que melhor sei fazer, feliz e apesar da posição aerodinâmica não parecer seguro, eu estava sim muito confiante e sabia o que estava fazendo, não era uma brincadeira!

 

Primeira experiência em Campeonato Mundial @itumultisport definitivamente uma prova duríssima do início ao fim.

 

Tenho treinado muito a Corrida pensando na evolução diária , mas ainda não consegui atingir um nível ideal para brigar com os grandes , esses Espanhóis Britânicos e Americanos correm fácil.

 

Uma transição relativamente boa e partimos para o melhor momento da prova , o ciclismo é sim pra mim o melhor momento, com varios atletas escapados e outros que não aguentaram o primeiro grupo logo fui buscando junto com mais alguns Britânicos e Austríacos e formando o segundo pelotão , quando no 3 km furou meu pneu , o pneu tubular com vedante colocado pela @bikenakashima me salvou para que eu pôde-se dar seguimento , claro que orei durante toda a prova pedindo para Deus que me deixasse concluir a prova da forma que fosse , graças a Deus segui firme em um ciclismo brutal com os 10 primeiros km pesados com subida , logo na retomada assumi o pelotão de volta , descendo entre os 3 primeiros do pelotão , assumindo a cabeça e brincando feliz da vida colocando pressão nos europeus , eu nem queria saber o que tinha pela frente , logo assumi o pelote e sprintei na descida chegando a 70 km/h fazendo aquela sentada clássica no quadro da bicicleta para melhorar a aerodinâmica, foi um momento único e mágico pra mim , me senti um atleta de elite fazendo aquilo, fechando a prova com o 5 melhor pedal do grupo 25/29.

 

Seguimos firmes pra ultima corrida tentando encaixar o ritmo pesado após um pedal brutal , fechando a prova num sprint com um Americano, cruzando a linha de chegada com 1:01:23 hs , feliz da vida é muito emocionado , nesta hora um filme passa na sua cabeça lembrando de tudo que passou na vida e o quanto lutou para chegar ali , orei e agradeci muito a Deus pela oportunidade!

.

.

Assim foi @itupontevedra19

 

Obrigado a todos vocês !

 

@triathlonsp @triathlonbrasil

 

Texto: Paulinho Runner Suzano

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *