Pilates: Guia Para Iniciantes

progel
22 Abr

Nas últimas décadas o pilates conheceu um grande sucesso e se tornou uma das atividades físicas mais procuradas. Os praticantes de pilates buscam, geralmente, mais equilíbrio e qualidade de vida através da prática de exercícios e de um estilo de vida mais saudável.

 

Uma das filosofias pregadas pelo método pilates é justamente o equilíbrio físico e espiritual, que pode ser alcançado por meio de práticas que permitem reconectar o corpo e a mente. O pilates promete uma redescoberta de si mesmo e traz muitos preceitos semelhantes aos pregados pelo yoga.

 

Quando Joseph Pilates criou a disciplina, por volta de 1920, ele se inspirou de diferentes atividades físicas e esportivas, tais quais o kung-fu, o boxe, a ginástica e o hatha-yoga. Sua idéia era oferecer um tipo de atividade física capaz de proporcionar não apenas bem-estar físico, mas também espiritual.

 

Partindo desse princípio, o primeiro objetivo do pilates é a qualidade dos movimentos e não a quantidade ou intensidade, permitindo que o praticante saia da aula revigorado após a prática.

 

Assim, aliando exercícios de força, concentração, alongamento e relaxamento,  além de manter o corpo em forma, o pilates permite manter uma conexão profunda com a mente.

 

Se você tem vontade de fazer aulas de pilates, mas não sabe por onde começar, leia nosso guia e saiba tudo sobre essa disciplina e como fazer aulas.

 

Como são as aulas de pilates?

Inspirando-se em diferentes atividades físicas, Joseph criou o método pilates como uma alternativa de atividade para pessoas com algum tipo de patologia.

O pilates é uma disciplina bastante semelhante ao yoga para iniciantes em alguns aspectos, principalmente no que se refere ao equilíbrio físico e mental. Seu criador se inspirou e buscou influências na filosofia de vida indiana e na medicina tradicional chinesa.

 

Um aspecto muito positivo do pilates é que ele trabalha diferentes grupos musculares ao mesmo tempo. Por meio de movimentos suaves e contínuos, sempre dando ênfase à concentração, os exercícios vão agir no fortalecimento e na estabilização dos músculos centrais do corpo.

 

A prática constante traz equilíbrio entre força muscular e resistência física, além de conectar o corpo à mente, proporcionando maior qualidade de vida e bem-estar. Uma aula de pilates dura em média de 45 a 60 minutos, seja uma aula em grupo ou individual. São trabalhados os músculos mais profundos do corpo, a postura através do alinhamento da coluna vertebral, assim como a respiração.

 

Baseando-se em 6 princípios fundamentais (centro de força, concentração, controle, fluidez, precisão e respiração), os exercícios de pilates têm por objetivo principal desenvolver uma tomada de consciência do próprio corpo como sendo uma extensão da mente e do espírito.

Como escolher suas aulas de pilates?

Escolher fazer aulas de pilates é uma decisão que deve ser tomada com cuidado . Além do custo elevado das aulas, muitos outros aspectos entram em jogo quando se trata de encontrar um curso que corresponda às suas expectativas.

 

O primeiro deles é a escolha do professor, pois ele é a pessoa que orientará o aluno, seja motivando ou corrigindo a postura e os movimentos. Ele é, dessa forma, a chave para a progressão do aluno.

Assim, é natural querer escolher suas aulas de pilates baseando-se nas qualificações do professor. O instrutor de pilates vai acompanhar você ao longo das sessões, logo é muito importante escolher o profissional adequado.

 

Mesmo que uma aula de pilates não dependa apenas do professor/instrutor, ele é a pedra angular do curso, pois se trata de uma disciplina bastante complexa, que necessita da presença de um profissional capacitado para ser bem executada.

 

Dessa maneira, não adianta se precipitar e escolher a primeira aula de pilates que aparecer pela frente. Antes de se inscrever em uma academia é preciso ficar atento a alguns detalhes como: a qualidade das aulas, a formação e o diploma dos professores, se o ambiente onde são dadas as aulas é adequado para a prática da disciplina, etc.

 

Se for contratar um professor particular, a vigilância deve ser a mesma. Não aceite de cara o oferta daquele que cobra mais barato, pois apesar do preço fazer uma grande diferença na hora de decidir, ele não pode ser mais importante do que a qualidade das aulas.

 

Fique atento também às diferentes modalidades de aulas. Por exemplo, se você é do tipo solitário, ou se seus objetivos são mais focados na progressão rápida do que no espírito coletivo, não hesite em procurar a ajuda de uma professor particular para fazer aulas individuais.

 

Porém, tenha em mente que esse tipo de aula é muito mais cara do que as aulas em grupo. Se você não pode investir uma soma tão alta nas aulas, mas gostaria mesmo assim de começar a praticar pilates, então a solução mais simples é fazer aulas em grupo.

 

Uma aula em grupo, quando ministrada por um professor competente, não possui menos qualidade do que uma aula individual. A maior diferença é que dependendo do número de alunos, o instrutor não poderá dar atenção especial a todos e os exercícios serão mais genéricos, de forma a agradar o maior número de pessoas.

 

Essa prática pode resultar em dores musculares, por isso não deixe de ter o PROGEL sempre na mochila

Faça já o seu pedido e receba o PROGEL em casa:

Ligue 📞 11 2036.0770
📧 Email: progelmassageador@gmail.com

Fonte: https://bit.ly/2UqVSt9

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *