O Ciclismo e suas modalidades mais variadas

Blog Progel O Ciclismo e suas modalidades
08 Jul

O ciclismo é um esporte que envolve um atleta e um equipamento: a bicicleta. Se pensarmos assim, é possível chamar de ciclismo quaisquer modalidades que envolvam essas duas partes, como o ciclismo de estrada, o ciclismo de pista, o mountain bike e o bmx. Além disso, o ciclismo também é componente fundamental de outro esporte: o triathlon, que une natação, ciclismo e corrida. Falaremos sobre essas diferentes faces do mesmo esporte.

Resultado de imagem para ciclismo de estrada

A modalidade mais tradicional

Talvez seja o ciclismo de estrada. Isso porque o Tour de France, ou a Volta da França, é a competição mais esperada de ciclismo no mundo. Essa competição acontece anualmente, no mês de julho, somando 3.000 quilômetros, que os atletas devem percorrer com suas bicicletas. Ou seja, percebe-se que as provas de estrada são provas de longa distância, que podem ser percorridas no mesmo dia, ou com paradas, como é o caso das Grandes Voltas. Os resultados dessas provas são dados de duas formas: individualmente e por equipe.

Resultado de imagem para ciclismo de pista

O ciclismo de pista

uma das modalidades mais bonitas de se assistir em Jogos Olímpicos. São disputados em uma pista geralmente fechada, denominada velódromo. As provas mais comuns são as provas de perseguição (em que um atleta ou uma equipe de atletas precisa ficar a menos de um metro de distância da outra) e as provas contra o relógio, em que os atletas devem pedalar o mais rápido possível, vencendo aquele que cumprir a distância em menor tempo.

Resultado de imagem para Mountain bike

Mountain bike

também conhecido como ciclismo de aventura. São competições disputadas em locais abertos, com trilhas de terra bastante acidentadas, e que envolvem muitas subidas e descidas. Ao contrário das bicicletas utilizadas para o ciclismo de estrada e de pista, que são bastante leves e com pneus muito finos, a bicicleta de mountain bike deve ter suspensão resistente e pneus mais grossos, para resistir aos obstáculos encontrados.

Resultado de imagem para O BMXO BMX

modalidade que se utiliza de rodas de vinte polegadas de diâmetro, ou seja, de tamanho pequeno se considerada para um homem adulto. Há dois tipos de provas diferentes: uma que é uma corrida disputada em terreno acidentado – BMX Racing – e a outra é caracterizada por manobras com e sobre a bicicleta – BMX Freestyle.

Embora o ciclismo seja considerado um esporte, caracterizado pela competição, deve-se também lembrar de que a bicicleta também é um meio de transporte para muitas pessoas, principalmente em cidades mais calmas. Infelizmente, a falta de espaço para o ciclista nas vias comuns das grandes cidades faz as pessoas trocarem as bicicletas pelos carros para se locomoverem. Em tempos de aquecimento global, se houvesse investimento real na construção de ciclovias, talvez tivéssemos uma melhora da qualidade do ar e, por que não, mais ciclistas nas nossas cidades.

Se você pratica ciclismo, pode sofrer de dores musculares e está propenso a contusões e outros tipos de lesões.

A PROGEL SPORTS tem um GEL MASSAGEADOR! Faça já o seu pedido e receba o PROGEL em casa:

Ligue 📞 11 2036.0770

📧 Email: progelmassageador@gmail.com

.

.

.

Fonte: https://bit.ly/2FUPOVk

Esporte Ciclismo BMX

progel
01 Abr

Características do esporte, regras básicas, resumo, pista, informações sobre o ciclismo BMX nas Olimpíadas, origem do esporte, curiosidades.

 

Introdução, origem e história do Ciclismo BMX

Conhecido popularmente como Bicicross, o Ciclismo BMX é um esporte de corrida com bicicletas em pistas de terra. Estas pistas (cerca de 400 metros de extensão) são irregulares, com presença de muitos obstáculos e dificuldades (lombadas, rampas, morros, curvas acentuadas, valetas e ondulações). Os ciclistas, para vencer estes obstáculos, além de agilidade e rapidez, devem dominar técnicas de manobras radicais. O vencedor de uma corrida é aquele que chega primeiro.

O ciclismo BMX surgiu na Califórnia (Estados Unidos) em 1968. Sua origem está relacionada como uma espécie de adaptação do Moto Cross para bicicletas. Nas décadas de 1970 e 1980, o esporte se espalhou pelo mundo, chegando inclusive no Brasil. A primeira federação internacional de BMX foi fundada em 1981. O primeiro campeonato mundial foi realizado em 1982, na cidade de Las Vegas (EUA). Em 2008, nos Jogos Olímpicos de Pequim, o ciclismo BMX fez sua estreia como esporte olímpico.

 

As bicicletas de BMX

As bicicletas utilizadas pelos ciclistas desta modalidade são específicas e possuem características adaptadas às condições das pistas. São bicicletas leves, resistentes e de pequeno porte. Geralmente possuem rodas de aro 20 e pneus apropriados para a terra. Elas possuem apenas uma marcha e um freio (roda de trás).

 

Regras básicas:

 

– O ciclista deve utilizar uma bicicleta com características determinadas pela organização da competição. Ou seja, todos devem competir com bicicletas com rodas de mesmo tamanho, além de outras características.

– Todos os ciclistas devem usar equipamentos de segurança obrigatórios como, por exemplo, capacete com protetor de boca, joelheira, luvas, tênis e roupas apropriadas. Como as quedas ocorrem com frequência neste esporte, estes equipamentos são primordiais para garantir a segurança dos ciclistas.

– A corrida deve começar numa rampa (com oito metros aproximadamente) para que os ciclistas ganhem velocidade logo no início.

– Os ciclistas não podem fazer manobras ou movimentos que derrubem propositalmente outros ciclistas.

 

Você sabia?

 

– Nos Jogos Olímpicos de 2016, Estados Unidos e Colômbia se destacaram no Ciclismo BMX. No masculino, o ouro ficou com Connor Fields, enquanto no feminino a colombiana Fabiana Pajon foi quem ganhou a medalha de ouro.

– A sigla BMX são as iniciais de Bicycle Moto Cross, sendo que a letra X faz referência ao verbo cruzar (cross).

– O maior medalhista olímpico no ciclismo BMX é o ciclista da Letônia Maris Strombergs. Ele ganhou duas medalhas de ouro, sendo uma nas Olimpíadas de 2008 e outra nas Olimpíadas de 2012.

– A organização internacional que regulamenta o esporte e organiza eventos e campeonatos é a UCI (União Ciclística Internacional), com sede na Suíça. Ela foi fundada no ano de 1900.

– As competições de ciclismo BMX (masculino e feminino) nas Olimpíadas de 2016 foram realizadas no Centro Olímpico de BMX. A pista de terra tem cerca de 400 metros de extensão.

– O termo holeshot é usado quando um cliclista termina a primeira curva da pista em primeiro lugar.

 

Esse esporte pode resultar em várias quedas e dores musculares, por isso não deixe de ter o PROGEL sempre na mochila

Faça já o seu pedido e receba o PROGEL em casa:

Ligue 📞 11 2036.0770
📧 Email: progelmassageador@gmail.com

 

Fonte: https://bit.ly/2V4ORza

O que acontece no seu corpo enquanto você pedala?

benefícios pedalar
18 Jan

Post na Revista Bicicleta aponta os benefícios que o pedalar traz ao organismo.

Mas, atenção: respeite seus limites físicos e evolua gradualmente

Um bom caminho é começar nos finais de semana, quando o trânsito é mais leve.

Depois, inclua um ou dois dias da semana na sua rotina para o trabalho ou para a escola.

pedalar é saúde

10 minutos: Benefícios na musculatura, irrigação sanguínea e articulações.

20 minutos: O corpo começa a desfazer-se do cortisol, hormônio ligado ao estresse.

30 minutos: Há melhoras a nível cardiovascular, influenciando positivamente nas funções do coração.

40 minutos: Aumenta a capacidade respiratória, melhorando o fluxo de oxigênio e sangue no cérebro.

50 minutos: O corpo libera serotonina e endorfina, as substâncias do bem-estar.

60 minutos: O metabolismo acelera e intensifica o controle de peso, com efeito antiestresse e bem-estar geral.

Fonte: https://bit.ly/2HgL9jC

Antes ou depois de pedalar, não esqueça de usar o Progel Sports!

Adquira agora através dos seguintes contatos:

📞 11 2036.0770

📧 progelmassageador@gmail.com

Mercado Livre: https://bit.ly/2wV4ZZY

ESPORTES NA TERCEIRA IDADE: BENEFÍCIOS E QUAIS ESPORTES PRATICAR

esporte na terceira idade
30 Nov

As melhores condições de vida obtidas com o avanço da medicina têm aumentado a expectativa de vida do ser humano.

Apesar de a longevidade ter um limite, como vimos aqui, nunca se viveu tanto e com tantas possibilidades de se viver bem.

Muitos estudos têm demonstrado que, mesmo com uma idade mais avançada, é possível aos idosos ganhar massa e força muscular com treinamentos com pesos.

É natural que, com o avançar do tempo, ocorra uma perda de musculatura, mas é possível atenuar os seus efeitos com exercícios voltados para ganhar massa.

Segundo o especialista em educação física Alexandre Vieira, cerca de 85% das pessoas idosas apresentam uma ou mais doenças ou problemas de saúde, sendo os principais: artrite: 48%; hipertensão arterial: 46%; doenças cardíacas: 32%; comprometimento da audição: 32%, entre outros.

De acordo com o estilo de vida do idoso e com o adotado em sua vida pregressa, os especialistas acreditam que é possível o ser humano viver até os 115 anos.

Como envelhecer de forma saudável?

Os estudiosos ainda afirmam que a atividade física regular é um dos segredos para manter-se saudável na terceira idade.

São os idosos quem mais se beneficiam, de todos os grupos etários, com a prática de exercícios físicos, claro que feitos com cuidado e com apoio especializado.

O exercício físico faz bem para o corpo e, também, para a cabeça.

Ele resgata a auto-estima, o prazer e a motivação. Através da prática de uma atividade física, o idoso tem a possibilidade de melhorar a sua coordenação motora e reflexos, relaxar, estar em contato com outras pessoas, de recuperar a confiança em si mesmo e fortalecer o seu corpo, protegendo-se de possíveis acidentes aos quais pode ficar mais vulnerável com a idade, como uma queda.

Confira, a seguir, algumas atividades físicas que fazem muito bem para a saúde dos idosos.

Algumas sugestões são do site Vivo mais Saudável:

1. Dança

Fazer atividades desportivas na terceira idade não é apenas uma questão de saúde física.

É também uma questão de saúde mental, um momento de socialização, de fazer novos amigos, de se sentir bem.

Neste sentido a melhor atividade é a dança. Vale tudo: tango, dança de salão, flamenga, do ventre, moderna, clássica.

É só achar a escola que ofereça estas atividades aos mais velhos. E olha que tem muita gente voltando ao ballet!!!

2. Natação ou hidroginástica

As atividades aquáticas como a natação e a hidroginática trazem benefícios como o fortalecimento dos músculos e a melhoria do sistema respiratório.

Nadar é um exercício aeróbico que protege as articulações e trabalha o fluxo sanguíneo.

A vantagem destas atividades também se dão pelo pouco impacto que água provoca.

3. Caminhada e corrida

Uma caminhada de, no mínimo 30 minutos, diariamente combate problemas cardiovasculares, melhora a respiração e fortalece os músculos.

4. Ioga ou pilates

Ioga e pilates ajudam na aquisição de flexibilidade e equilíbrio e melhora a postura.

5. Bicicleta

terceira idade bicicleta

Andar de bicicleta é uma atividade prazerosa para os idosos e que, ainda, fortalece os músculos do quadril e das pernas.

6. Musculação ou ginástica

Para melhorar o condicionamento físico e a resistência muscular e dos ossos, a musculação é uma ótima atividade.

Os exercícios devem ser voltados para a repetição, e não para o peso.

Malhar fortalece os músculos, melhora a circulação sanguínea e a respiração.

7. Alongamento

terceira idade alongamento

Todas as atividades físicas devem ser precedidas de alongamento.

Depois do exercício, ele também é fundamental, pois evita lesões.

Alongar é também entrar em contato consigo mesmo através da percepção e da consciência do próprio corpo.

Alongar, respirar e ir relaxando cada músculo, cada parte do corpo: pescoço, ombros, costas, braços, pernas, pés…

Antes e depois dos treinos, não importa a sua idade, lembre-se sempre de usar o seu PROGEL MASSAGEADOR!

Ainda não tem o seu? Adquira agora através dos seguintes contatos:

📞 11 2036.0770

📧 progelmassageador@gmail.com

Mercado Livre: https://bit.ly/2wV4ZZY

Fonte: https://bit.ly/2DR2o8S

7 dicas de esportes para praticar ao ar livre

andar de bicicleta
30 Jul

Praticar esportes ao ar livre é uma alternativa para as pessoas que não gostam muito de ficar dentro das academias, ainda mais no verão. Além disso, traz vários benefícios à saúde. Esses esportes são agradáveis e proporcionam um contato maior com a natureza e mais ar puro. Veja 7 dicas de esportes para você praticar!

1 – Slackline:

skaline

Para quem gosta de misturar diversão e esporte, o slackline é mais do que recomendado. Além de ser fácil de preparar, é só pegar dois pontos e instalar uma fita, pode ser praticado em parques, praças ou na praia. O esporte auxilia na melhora da coordenação motora, consciência corporal e exige muito equilíbrio. Que tal encarar esse desafio abusando das manobras?

2 – Bicicleta:

andar de bicicleta

Você pode pedalar em parques ou até mesmo em pistas. O esporte ajuda a aliviar a tensão muscular e, como trabalha vários músculos do corpo, provoca um excelente condicionamento físico. Sem falar que na bike você pode conhecer lugares novos da cidade.

3 – Remo:

remo

Esse esporte é voltado para quem gosta de estar em contato com a natureza e a água. É um dos mais completos, pois utiliza quase todos os músculos do corpo. A prática do remo promove resistência muscular e melhora a coordenação motora. Além disso, queima calorias e alivia o estresse. Como pode ser feito em equipe, chame os seus amigos!

4 – Corrida:

corrida

A famosa corrida pode ser feita em parques, calçadões, orlas e além de ser um esporte que queima muitas calorias, é uma ótima opção para explorar as belezas da sua cidade. Só não esqueça de escolher um bom par de tênis, com amortecedores para evitar leões.

5 – Patinação:

patinação

É uma ótima dica para quem quer praticar esportes e se divertir. Com a patinação, é possível emagrecer, ter um condicionamento físico melhor e fortalecer o corpo com a sensação de relaxamento. Os movimentos exigidos pelos patins ajudam os músculos a se manter alongados, o que evita rompimentos e lesões. Se você já tem patins, é só tirar do armário e seguir para a pista.

6 – Stand Up:

stand up

Está muito em alta, é maravilhoso para os amantes da água. Pode ser praticado no mar, em lagos ou represas. A prática do Stand Up ajuda a manter o físico, melhora o equilíbrio e pode ajudar na postura. Além de exercitar o corpo, a mente e garantir o bem-estar.

7 – Escalada:

escalada

É ideal para as pessoas que gostam de aventura! É diferente dos esportes tradicionais e é completo, pois utiliza membros do corpo inteiro. Ela também alivia a tensão e exige força e concentração. Que tal encarar o desafio?

E aí, qual esporte ao ar livre você vai praticar?! Fonte.

Conta pra gente qual o seu esporte preferido!

Acompanhe Progel Sports no Facebook e Instagram.