ESPORTES RADICAIS MAIS PRATICADOS NO BRASIL

27 Mai

Quando falamos em esportes radicais, logo nos remete aqueles esportes que dão um friozinho na barriga. Que eleva à adrenalina e que exigem muita ousadia do praticante, ou ainda esportes praticados ao ar livre. Em contato com a natureza, explorando o espaço físico com certo atrevimento. A palavra certa para a realização desse esporte é aventura.

 

Agora se você acha que esporte radical é aquele nas alturas, ou enfrentando ondas gigantes e velocidades impressionantes, calma. Existem muitos outros esportes considerados radicais em solo e bem mais tranquilos. Ainda assim são recheados de emoção, como por exemplo, o trekking, que é na verdade uma caminhada de alguns dias em lugares às vezes exóticos, natural e cheio de rotas. Um bom exemplo de trekking famoso é o caminho de Santiago de Compostela, na Espanha.

 

As palavras de ordem daqueles que gostam e praticam os esportes radicais são: disposição, ousadia, coragem e amor à natureza. Afinal, não é para qualquer um enfrentar o vento, o frio, o calor, a fúria da água ou alturas tenebrosas e quedas bruscas, além de velocidades sem limites. Tudo isso está no DNA dos apaixonados por esporte radical.

Se você se identificou com esses adjetivos, neste post vamos falar um pouco mais sobre estes esportes, as modalidades e os mais praticados no Brasil.

skate-esportes-radicais-progel-sports

O Que São Esportes Radicais?

O termo esporte radical surgiu no final da década de 1980. Estes Considerados esportes com alto grau de risco físico, principalmente por serem executados em condições de perigo extremo. Sua principal característica é o aumento da adrenalina no corpo humano e podem ser de cunho competitivo ou não.

 

Esportes Radicais Mais Praticados no Brasil e Seus Benefícios

As paisagens brasileiras favorecem os esportes radicais, o clima, a vegetação e o relevo diversificados faz com quem no Brasil sejam praticadas diversas modalidades consideradas radicais. Os esportes mais praticados no Brasil e seus benefícios são:

Skate

Proporciona grande gasto calórico, tonifica a musculatura, o skate trabalha de forma simultânea a parte aeróbica e a parte anaeróbica, contribuindo para melhoras cardiorrespiratórias. Além disso contribui para a melhora da flexibilidade e o equilíbrio, o skate também contribui para a socialização.

 esportes radicais mais praticados no brasil

Surfe

Melhora do condicionamento físico, aumento da capacidade respiratória, ganho de força, velocidade e potência, contato com a natureza e é claro melhor qualidade de vida.

 

Rafting

Beneficia o condicionamento físico, reduz risco de estresse, além de trabalhar a musculatura do abdômen, bíceps, ombro e pernas, desenvolve habilidades como liderança e trabalho em equipe.

 

Voo livre

As duas principais modalidades são parapente e asa delta, seu principal benefício é o contato com a natureza e também auxilia no tratamento de estresse, o voo livre contribui para a flexibilidade, já que é necessária a realização de alongamentos e aquecimentos antes do voo.

 

Rapel

Controla a ansiedade, melhora a concentração e a coordenação motora, aumenta a força muscular, fortalece ossos e músculos, reduz o estresse.

paraquedistas-esportes-radicais-brasil

Paraquedismo

Alívio do estresse, aumento da força dos membros superiores, ajuda no enfrentamento do medo e ajuda no contato com a natureza.

 

Os esportes radicais no geral, trazem muitos benefícios, pois dão aquela sensação de liberdade, contribuem para enfrentar medos, além de fornecer muita adrenalina, o que ajuda no alívio do estresse e da ansiedade, ou seja, é quase que uma terapia. Beneficia a mente e o corpo, proporcionando uma sensação de bem-estar, além de contribuir para a autoconfiança e superação.

 

Esses esportes também exigem do praticante dedicação, respeito, coragem, senso de responsabilidade e muito deles trabalham diversos grupos musculares, melhoram a coordenação motora, aumentam a força e o equilíbrio, além de melhorar a agilidade, a concentração e consequentemente a autoestima!

 

Se você pratica algum desses esportes ou qualquer outro, esporadicamente pode sofrer de dores musculares e está propenso a contusões e outros tipos de lesões. A PROGEL SPORTS tem um GEL MASSAGEADOR! Faça já o seu pedido e receba o PROGEL em casa:


Ligue
📞 11 2036.0770
📧 Email: progelmassageador@gmail.com
 

 

Fonte: https://bit.ly/2WW7shX

Esporte Ciclismo BMX

progel
01 Abr

Características do esporte, regras básicas, resumo, pista, informações sobre o ciclismo BMX nas Olimpíadas, origem do esporte, curiosidades.

 

Introdução, origem e história do Ciclismo BMX

Conhecido popularmente como Bicicross, o Ciclismo BMX é um esporte de corrida com bicicletas em pistas de terra. Estas pistas (cerca de 400 metros de extensão) são irregulares, com presença de muitos obstáculos e dificuldades (lombadas, rampas, morros, curvas acentuadas, valetas e ondulações). Os ciclistas, para vencer estes obstáculos, além de agilidade e rapidez, devem dominar técnicas de manobras radicais. O vencedor de uma corrida é aquele que chega primeiro.

O ciclismo BMX surgiu na Califórnia (Estados Unidos) em 1968. Sua origem está relacionada como uma espécie de adaptação do Moto Cross para bicicletas. Nas décadas de 1970 e 1980, o esporte se espalhou pelo mundo, chegando inclusive no Brasil. A primeira federação internacional de BMX foi fundada em 1981. O primeiro campeonato mundial foi realizado em 1982, na cidade de Las Vegas (EUA). Em 2008, nos Jogos Olímpicos de Pequim, o ciclismo BMX fez sua estreia como esporte olímpico.

 

As bicicletas de BMX

As bicicletas utilizadas pelos ciclistas desta modalidade são específicas e possuem características adaptadas às condições das pistas. São bicicletas leves, resistentes e de pequeno porte. Geralmente possuem rodas de aro 20 e pneus apropriados para a terra. Elas possuem apenas uma marcha e um freio (roda de trás).

 

Regras básicas:

 

– O ciclista deve utilizar uma bicicleta com características determinadas pela organização da competição. Ou seja, todos devem competir com bicicletas com rodas de mesmo tamanho, além de outras características.

– Todos os ciclistas devem usar equipamentos de segurança obrigatórios como, por exemplo, capacete com protetor de boca, joelheira, luvas, tênis e roupas apropriadas. Como as quedas ocorrem com frequência neste esporte, estes equipamentos são primordiais para garantir a segurança dos ciclistas.

– A corrida deve começar numa rampa (com oito metros aproximadamente) para que os ciclistas ganhem velocidade logo no início.

– Os ciclistas não podem fazer manobras ou movimentos que derrubem propositalmente outros ciclistas.

 

Você sabia?

 

– Nos Jogos Olímpicos de 2016, Estados Unidos e Colômbia se destacaram no Ciclismo BMX. No masculino, o ouro ficou com Connor Fields, enquanto no feminino a colombiana Fabiana Pajon foi quem ganhou a medalha de ouro.

– A sigla BMX são as iniciais de Bicycle Moto Cross, sendo que a letra X faz referência ao verbo cruzar (cross).

– O maior medalhista olímpico no ciclismo BMX é o ciclista da Letônia Maris Strombergs. Ele ganhou duas medalhas de ouro, sendo uma nas Olimpíadas de 2008 e outra nas Olimpíadas de 2012.

– A organização internacional que regulamenta o esporte e organiza eventos e campeonatos é a UCI (União Ciclística Internacional), com sede na Suíça. Ela foi fundada no ano de 1900.

– As competições de ciclismo BMX (masculino e feminino) nas Olimpíadas de 2016 foram realizadas no Centro Olímpico de BMX. A pista de terra tem cerca de 400 metros de extensão.

– O termo holeshot é usado quando um cliclista termina a primeira curva da pista em primeiro lugar.

 

Esse esporte pode resultar em várias quedas e dores musculares, por isso não deixe de ter o PROGEL sempre na mochila

Faça já o seu pedido e receba o PROGEL em casa:

Ligue 📞 11 2036.0770
📧 Email: progelmassageador@gmail.com

 

Fonte: https://bit.ly/2V4ORza